quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

O QUE A TV NÃO MOSTRA DO CARNAVAL

A 5ªDP  ficou cheia após o desfile do Bola Preta
Como no Carnaval nem tudo é folia, muita gente que teve percentes roubados ou furtados durante o desfile do Cordão da Bola Preta na manhã deste sábado (18), no centro do Rio, teve que passar a tarde na delegacia.
Um dos mais tradicionais desfiles do Carnaval de rua do Rio, o Bola Preta levou mais de 2 milhões de pessoas para a avenida Rio Branco.
A Delegacia da Mem de Sá (5ª DP), que concentra as ocorrências na região, ficou cheia devido à grande quantidade de pessoas querendo registrar ocorrências. Até as 19h, foram notificados 118 registros, a maioria por furto ou roubo de documentos e telefones celulares, segundo informou a Polícia Civil no começo da noite.
Além disso, 118 pessoas foram levadas para a delegacia por serem flagradas urinando na rua. Também houve registro de brigas e confusões no meio do mar de foliões.
Um repórter da equipe do R7 teve a carteira furtada durante o desfile. O mesmo aconteceu com um repórter da TV Record que trabalhava na cobertura do Bola Preta.
A concentração para o desfile do Bola começou às 8h. Duas horas depois, quando o bloco saiu, a avenida Rio Branco estava tomada de pessoas sambando e cantando marchinhas.





A apresentadora Raquel Sherazade causou polêmica largou o verbo na TV e falou que das mazelas da folia. 

Disse que o so quem ganha são os artistas e dono de Bloco. Falou que se sente indignada quando ver tantas ambulâncias para socorrer bêbados e valentões e no dia a dia os hospitais não tem para atender os cidadãos e cidadãs. 

Falou também do numero de policiais que trabalham na folia em peso e no dia a dia falta segurança para a população para exercer o direito de ir vir. A jornalista comentou sobre o numero de pessoas infectadas pelos vírus da AIDS e DSTS. 

No seu discurso contra o carnaval foi mais alem e rebateu aos políticos que dizem que na festa os catadores de latinha, as pessoas que vendem churrascos e outras iguarias ganham dinheiro disse a apresentadora; “ Carnaval só da lucro para dono de cervejaria, proprietário de trio elétrico e poucos artistas baianos...” Apresentadora falou que o Carnaval não é mais uma festa popular, pois os camarotes vips, os abadas fantasias dos blocos baianos são caríssimos, segundo ela estes passaporte da alegria é só para ricos. 

3 comentários:

  1. Espero que Rachel Sheherazade encontre pessoas que ajude nessa batalha. Porque nesse país, ser justo e ético e bem complicado.
    Deus te abençõe.

    ResponderExcluir
  2. tudo que vc disse e pura verdade.admiro muito teu trabalho.que DEUS te abençoe

    ResponderExcluir
  3. Obrigado amigo, pelo seu respeito e admiração.
    Forte abraço.

    ResponderExcluir